Categoria B da CNH precisa fazer Exame Toxicológico? Entenda!

Muitos motoristas andam se perguntando se quem possui a categoria B da CNH precisa fazer exame toxicológico. Esse teste é realizado com o principal objetivo de trazer mais segurança para as estradas, seja para o condutor ou para o pedestre. Sendo assim, a sua realização se torna indispensável.

No entanto, para ter uma carteira de motorista ou ser contratado por uma empresa para dirigir, nem todas as categorias solicitam esse exame. É importante saber todas as informações acerca do assunto para garantir mais confiança e instrução aos condutores.

Qual categoria precisa fazer exame toxicológico?

É muito comum que as pessoas perguntem se quem possui a CNH B remunerada precisa fazer exame toxicológico. A verdade é que não precisa. Isso porque o teste está restrito para uma categoria mais específica do trânsito, que, no caso, é a do grupo de condutores das categorias C, D e E.

A obrigatoriedade foi registrada pela Lei do Caminhoneiro. No entanto, será preciso que o principal custeador do teste seja definido como o próprio empregador. Por meio da identificação de substâncias ilícitas no organismo, é possível ajudar os condutores com problemas relacionados às drogas e também impedir que algum acidente ocorra.

O exame toxicológico é capaz de identificar qualquer tipo de substância psicoativa no organismo, seja ela a maconha, a morfina ou o ecstasy. Além disso, ele é feito de maneira extremamente simples, apenas recolhendo uma amostra de cabelo ou pelos do motorista para a realização da análise.

Qual motorista não precisa fazer exame toxicológico?

Para saber se quem possui a categoria B precisa fazer exame toxicológico, é mais simples listar todos os condutores que, de fato, necessitam da realização do exame. Dessa maneira, torna-se mais fácil saber se você se enquadra, ou não, dentro da obrigatoriedade, para que o teste seja feito e entregue ao solicitante.

A obrigatoriedade do exame toxicológico está voltada para:

  • todos os motoristas que precisam adquirir ou renovar a CNH e preenchem as categorias C, D e E;
  • todos os motoristas profissionais que não realizaram a prova de admissão, mas precisam, ou que estão passando pelo processo de desligamento da empresa;
  • todos os candidatos às vagas de concursos públicos que desejam a aprovação completa no exame.

Se nenhuma das alternativas acima corresponde à sua realidade, então não é necessário fazer o exame. No mais, basta tirar a sua carteira de motorista e seguir conduzindo pelas ruas com segurança e prudência.

Prazo de validade do exame toxicológico

Após compreender se o motorista da categoria B precisa fazer o exame toxicológico, é importante falar sobre a sua validade. De acordo com as determinações dos órgãos de trânsito, sua validade é de 90 dias após a realização da coleta do material do condutor. Após esse prazo, será preciso refazer o teste.

Caso o principal objetivo do motorista, com esse exame, seja fazer a renovação da sua carteira de motorista, é necessário que ele solicite um novo exame juntamente ao seu empregador. O DETRAN de cada estado oferece uma tabela de renovação, com base no vencimento da CNH.

 

© 2020 Chromatox Laboratórios - Todos os direitos reservados